Cistos Ovarianos, você sabia que a acupuntura pode ajudar?

Publicado por em 11/04/2014 às 11h07

cisto ovariano

 

Cistos Ovarianos são pequenas bolsas que se formam dentro dos ovários, dois órgãos laterais ao útero, com função de produzir hormônios sexuais femininos (estrogênio, progesterona e outros), estes cistos podem ser líquidos ou sólidos, a diferença entre cisto no ovário e ovário policístico (SOP-Síndrome do Ovário Policístico) está no número e no tamanho destes cistos. Apenas 10% das mulheres que apresentam cistos no ovário têm sintomas, entre estes estão: aumento de pelos no rosto, peito e abdômen, acne, irregularidade menstrual, obesidade e infertilidade, as causas não são claras.

Na Medicina Chinesa os cistos ovarianos entram em um grupo chamado de massas abdominais, os cistos no ovário ou o ovário policístico se enquadram principalmente em mulheres que apresentam uma deficiência do Yang do Rim e/ou deficiência do Qi do Baço, lembrando que quando uma avaliação detalhada é realizada por um acupunturista, estas nomeações de órgãos referem-se a denominações energéticas não caracterizando efetivamente alguma alteração na estrutura ou função do órgão em si. Tais características energéticas podem acrescentar a estas mulheres sintomas como cansaço, letargia, membros frios, falta de interesse, depressão, edema (inchaço), alimentos não digeridos nas fezes.

As causas de tais cistos no ovário no olhar da Acupuntura são diversas e incluem hereditariedade, estresse emocional, dieta e fatores patogênicos externos. A hereditariedade é simples de ser explicada, são famílias de mulheres que apresentam tais sintomas, muitas vezes os sintomas aparecem logo na adolescência porém o diagnóstico ocidental só ocorre na idade adulta após os 20 ou 30 anos. O Estresse Emocional, principalmente a raiva e a frustração, não permitem um fluxo energético harmonioso e com o tempo geram a formação de massas abdominais. A dieta irregular, baseada em alimentos gordurosos e a dieta baseada em alimentos frios e crus atrapalham a absorção dos alimentos produzindo frio e muco internos consequentemente estes podem se instalar no abdômen inferior gerando os cistos. Os fatores patogênicos externos são os menos comuns, seriam mulheres que têm contato por muito tempo com ambientes frios e úmidos, um exemplo clássicos são mulheres que trabalham em plantações de arroz, com os pés mergulhados na água, em regiões frias.

O tratamento através da Acupuntura Energética consiste em eliminar os fatores patogênicos, as causas da desarmonia, sempre atuando com acupuntura e técnicas complementares afim de atuar sobre a causa em si, ou seja, movimentar o fluxo energético caso tenha muco, aquecer nos casos de frio, harmonizar o emocional. Nos casos de hereditariedade além de atuarmos nos sintomas trabalhamos no sentido de orientações de hábitos que a mulher possa apresentar potencializando tais sintomas. No estresse emocional a harmonização é imprescindível, porém torna-se necessário orientações sobre exercícios energéticos, exercícios físicos, técnicas de respiração que favoreçam o equilíbrio emocional. A dieta irregular uma orientação, muitas vezes somente a mudança da ordem dos alimentos durante a refeição já muda muita coisa.

Os resultados são excelentes ocorrem tanto a redução dos sintomas como muitas vezes o desaparecimento dos cistos confirmados com exames de imagem. O grande ganho em minha opinião é que a mulher trata uma desarmonia que causa tantos desconfortos e ainda ganha um equilíbrio fisiológico ímpar.

Até a próxima.

 

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Tags: Cisto Ovariano, SOP-Siíndrome do Ovário Policístico

Enviar comentário

voltar para Blog da Flavia

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|bsd b01|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|b01 c05 bsd|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||