A mulher e seus ciclos: A lua do sangue

Publicado por em 18/10/2017 às 15h57

Nas próximas semanas vou fazer uma sequência de textos sobre cada fase dos ciclos femininos, como cada um se apresenta em nosso organismo, como estão relacionados com cada fase de nossas vidas. Empoderamento é a palavra que nos cerca quando nos conhecemos, quando temos consciência do nosso corpo, quero te convidar a mergulhar neste universo e se reconhecer e se reconectar.

O sangramento. Durante a menstruação, ocidentalmente, entendemos que é o momento em que na ausência de uma gravidez os níveis de estrógeno e progesterona caem e acontece a descamação do endométrio, tem duração variável, em torno de 5 dias.

Segundo a Medicina Chinesa é o momento Metal do ciclo feminino, o outono na mulher, recolhimento, um meridiano chamado mar de sangue esvazia-se para preparar o organismo novamente para um novo ciclo, para que todo este processo ocorra de maneira harmoniosa precisamos que o fluxo de energia esteja suave e que a mulher respeite o pedido de seu interior e se resguarde.

Morte e renascimento é como podemos compreender essa fase, também chamado como Lua, representa o fim de um ciclo para assim nascer o próximo, a mulher está em sua plenitude Yin, tais características promovem o recolhimento, a interiorização, como um aprofundamento do estado de consciência interior, as energias se tornam acolhedoras e intuitivas.

Durante seu sangramento não se deve estimular o sangue, assim a energia feminina de nutrição, recolhimento se faz presente, toda sua intuição está aflorada, use isso a seu favor, é o momento ideal para questionamento, percepções, aceitação, a mulher envolvida com ela mesma, quieta, cuidadora de si, curandeira de si, a descida do sangue é a grande representação do feminino, ocorre como se ele buscasse a Terra - nossa mãe, a aceitação, a comunhão deste momento aumenta esta conexão com a  Terra, com o que nos nutre, nos cuida, nossa casa.

Sua relação com a menstruação representa todos os momentos da sua vida em que é necessário morrer e nascer, momentos em que precisamos deixar para trás o que não nos pertence mais e gerar o novo, adaptabilidade, aceitação à mudança e compreensão de si são necessárias para passar pela menstruação sem peso, mesmas características necessárias para passar por situações da vida de forma leve e fluida.

Até a próxima

Flavia

Categoria: Cultura e Tradições Chinesas

Enviar comentário

voltar para Blog da Flavia

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|bsd b01|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|b01 c05 bsd|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||