A Acupuntura e o Trabalho de Parto

Publicado por em 27/05/2015 às 16h34

A acupuntura e o trabalho de parto, muito se escreve sobre este assunto, os trabalhos publicados são controversos, existem trabalhos comprovando as técnicas de indução ao trabalho de parto e outros comprovando que não funcionam, em quem confiar? Afinal a acupuntura auxilia ou não no trabalho de parto?

A acupuntura pode ser realizada de muitas maneiras, de forma específica como os tratamentos de analgesia, por exemplo, onde podemos retirar uma pessoa de uma crise aguda de lombalgia, e podemos trabalhar de forma ampla, sistêmica, energética, que é o trabalho que realizo normalmente em meu consultório, daí o nome do meu site acupuntura energética.

No trabalho de parto não é diferente, existem técnicas específicas e comprovadas através de constatações clínicas que realizam a indução ao trabalho de parto, estas técnicas que quando realizadas em trabalhos científicos experimentais sérios pode-se comprovar que ocorre uma estimulação da neurohipófise, liberando maiores quantidades de ocitocina (PUNIT NAGUINDÁS), gerando vários benefícios a gestante, neste caso a gestante inicia o tratamento apenas no final da gestação, assim que a gravidez se tornar a termo, ou seja, a partir da 38ª semana, em minha experiência temos ótimos resultados, com alguns casos com resultados não esperados, ou seja, não conseguimos o estímulo ao parto.

O trabalho da acupuntura energética ocorre de forma mais ampla, realizamos um acompanhamento da gestante durante uma grande parte da gravidez, muitas delas desde o início, assim são tratados os sintomas mais indesejados como o enjoo, dores articulares e questões emocionais, cada fase com suas particularidades é acompanhada e tratada, quando necessário e no fim da gravidez o processo ao parto normal é estimulado naturalmente, na grande maioria das vezes, sem a necessidade de utilizarmos técnicas específicas para tal. Os benefícios são muitos, entre eles: diminuição do tempo de trabalho de parto e melhora do estado emocional da gestante no momento do parto.

A gestante que procura a acupuntura apenas para o estímulo ao trabalho de parto deve fazê-lo pelo menos às 35-36ª semanas, para que haja tempo para uma harmonização energética antes de ser dado o estímulo específico, quando somos procurados por uma gestante em sua 38ª ou muitas vezes com a gravidez ainda mais avançada com 40 ou 41 semanas, sendo assim a última cartada que esta gestante está dando para conseguir seu sonhado parto normal, podemos sim ajudá-la, mas os benefícios da acupuntura à gestante não serão recebidos de forma tão ampla.

Até mais

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Tags: Gravidez, Gravidez saudável

Enviar comentário

voltar para Blog da Flavia

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|bsd b01|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|b01 c05 bsd|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||