Blog da Flavia

Síndrome Pré-menstrual, saiba como a Acupuntura pode te ajudar.

Publicado por Flavia Macedo Parente em 17/04/2014 às 13h57

Síndrome Pré-menstrualSíndrome Pré-menstrual, muitas vezes alvo de chacota e piadinhas, a famosa TPM, é causa de sofrimento para muitas mulheres, 80% das mulheres apresentam alguma alteração por conta das mudanças dos ciclos hormonais e 3 a 11% chegam a ter prejuízos profissionais e sociais em consequência de tais mudanças, isto é muito importante!!! Porque o mundo não espera o seu período pré-menstrual passar para continuar rodando, a vida continua e não podemos adiar compromissos, evitar encontros afim de aguardar um melhor momento, o esperado é que mesmo diante de estados emocionais levemente diferentes possamos continuar a confiar em nossas decisões, em nossas reações diante das diferentes situações em nossas vidas.

Para a acupuntura energética a classificação ocorre dentro dos cinco elementos, por isso cada mulher terá o seu tratamento para a Síndrome Pré-menstrual, temos o cuidado de investigar, além dos sinais e sintomas que a mulher apresenta, também como ela se alimenta e sugerimos que aumente alimentos como figo, abacate e quiabo, que são ricos em magnésio, muita água, que evite doces e comidas gordurosas pelo menos 10 dias antes da menstruação. Além disso, é importante aumentar a atividade física aumentando a circulação do Qi (energia do nosso corpo).

Um dos quadros mais comuns da Síndrome Pré-menstrual, dentro da acupuntura energética, é a “Estagnação do Qi do Fígado”, que causa sintomas como, irritabilidade, explosão emocional, edema em membros inferiores, dores de cabeça e constipação intestinal. Mas é importante mencionar que este é só um dos quadros, existem vários, por isso a importância da avaliação individual minuciosa. Os resultados com a acupuntura energética para este tipo de quadro são maravilhosos, logo no início do tratamento já notamos grandes melhoras e no prazo máximo de 6 ciclos menstruais conseguimos sanar o problema.

A Acupuntura Energética faz parte da Medicina Tradicional Chinesa, sendo assim é apenas uma parte do tratamento, que envolve alimentação, exercícios físicos, exercícios respiratórios, fitoterapia, florais, hábitos diários e práticas meditativas, para cada mulher será orientado um tratamento dentro e fora do consultório e é muito importante que ela assuma a responsabilidade por um resultado ideal e siga as orientações.

Até a próxima!

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (0)

Cistos Ovarianos, você sabia que a acupuntura pode ajudar?

Publicado por Flavia Macedo Parente em 11/04/2014 às 11h07

cisto ovariano

 

Cistos Ovarianos são pequenas bolsas que se formam dentro dos ovários, dois órgãos laterais ao útero, com função de produzir hormônios sexuais femininos (estrogênio, progesterona e outros), estes cistos podem ser líquidos ou sólidos, a diferença entre cisto no ovário e ovário policístico (SOP-Síndrome do Ovário Policístico) está no número e no tamanho destes cistos. Apenas 10% das mulheres que apresentam cistos no ovário têm sintomas, entre estes estão: aumento de pelos no rosto, peito e abdômen, acne, irregularidade menstrual, obesidade e infertilidade, as causas não são claras.

Na Medicina Chinesa os cistos ovarianos entram em um grupo chamado de massas abdominais, os cistos no ovário ou o ovário policístico se enquadram principalmente em mulheres que apresentam uma deficiência do Yang do Rim e/ou deficiência do Qi do Baço, lembrando que quando uma avaliação detalhada é realizada por um acupunturista, estas nomeações de órgãos referem-se a denominações energéticas não caracterizando efetivamente alguma alteração na estrutura ou função do órgão em si. Tais características energéticas podem acrescentar a estas mulheres sintomas como cansaço, letargia, membros frios, falta de interesse, depressão, edema (inchaço), alimentos não digeridos nas fezes.

As causas de tais cistos no ovário no olhar da Acupuntura são diversas e incluem hereditariedade, estresse emocional, dieta e fatores patogênicos externos. A hereditariedade é simples de ser explicada, são famílias de mulheres que apresentam tais sintomas, muitas vezes os sintomas aparecem logo na adolescência porém o diagnóstico ocidental só ocorre na idade adulta após os 20 ou 30 anos. O Estresse Emocional, principalmente a raiva e a frustração, não permitem um fluxo energético harmonioso e com o tempo geram a formação de massas abdominais. A dieta irregular, baseada em alimentos gordurosos e a dieta baseada em alimentos frios e crus atrapalham a absorção dos alimentos produzindo frio e muco internos consequentemente estes podem se instalar no abdômen inferior gerando os cistos. Os fatores patogênicos externos são os menos comuns, seriam mulheres que têm contato por muito tempo com ambientes frios e úmidos, um exemplo clássicos são mulheres que trabalham em plantações de arroz, com os pés mergulhados na água, em regiões frias.

O tratamento através da Acupuntura Energética consiste em eliminar os fatores patogênicos, as causas da desarmonia, sempre atuando com acupuntura e técnicas complementares afim de atuar sobre a causa em si, ou seja, movimentar o fluxo energético caso tenha muco, aquecer nos casos de frio, harmonizar o emocional. Nos casos de hereditariedade além de atuarmos nos sintomas trabalhamos no sentido de orientações de hábitos que a mulher possa apresentar potencializando tais sintomas. No estresse emocional a harmonização é imprescindível, porém torna-se necessário orientações sobre exercícios energéticos, exercícios físicos, técnicas de respiração que favoreçam o equilíbrio emocional. A dieta irregular uma orientação, muitas vezes somente a mudança da ordem dos alimentos durante a refeição já muda muita coisa.

Os resultados são excelentes ocorrem tanto a redução dos sintomas como muitas vezes o desaparecimento dos cistos confirmados com exames de imagem. O grande ganho em minha opinião é que a mulher trata uma desarmonia que causa tantos desconfortos e ainda ganha um equilíbrio fisiológico ímpar.

Até a próxima.

 

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (0)

Hérnia de Disco e a Acupuntura

Publicado por Flavia Macedo Parente em 03/04/2014 às 12h06

hérnia de discoHérnia de disco e a acupuntura, qual a relação? Tantas histórias de pessoas que escaparam da mesa cirúrgica por conta das sessões de acupuntura e outras de que a acupuntura não resolveu.

Primeiro vamos explicar, brevemente o que é a hérnia de disco, hérnia é uma projeção ou escape de uma estrutura que deveria estar contida, assim hérnia de disco intervertebral é a projeção do disco que fica entre as vértebras da coluna vertebral e como consequência comprimi a medula espinhal (raízes nervosas). O local mais acometido é a região lombar, também ocorrem nas vértebras cervicais e as torácicas são bem mais raras.

No olhar da Medicina Chinesa existem alguns dos cinco elementos envolvidos, porém principalmente a desarmonia encontra-se entre o Elemento Água e o Elemento Terra, Água por estar representada pelo meridiano do Rim e este ter entre suas funções a formação destas raízes nervosas e Terra por estar representada por Baço Pâncreas e este ter entre suas funções manter as estruturas do nosso corpo em seus devidos lugares. Além destes meridianos ainda podem estar envolvidos, pela localização da dor, Bexiga (Água), Vesícula Biliar e Fígado (Madeira) e Estômago (Terra).

As causas das hérnias de disco são as mais variadas e incluem postura inadequada, hereditariedade, excesso de trabalho que sobrecarregue a coluna, alterações emocionais, obesidade. Desta forma os inter-relacionamentos da Medicina Chinesa aumentam ainda mais podendo acrescentar à lista os elementos faltantes como Fogo e Metal.

O tratamento através da acupuntura apresenta dois principais focos analgesia e eliminação ou amenização dos fatores que geram a patologia, suas causas. O primeiro foco seria a analgesia e a qualidade anti-inflamatória que a acupuntura apresenta, dependendo de uma avaliação minuciosa da região acometida e utilizando técnicas específicas que podem incluir técnicas auxiliares como auriculopuntura, eletroacupuntura, magnetoterapia, laser, crosstaping e cinesiotaping, muitas vezes com efeitos imediatos mas sempre com resultados satisfatórios vai reduzindo a dor e melhorando a circulação energética na região e aos poucos, em casos mais graves, o paciente vai recuperando suas atividades.

O segundo e muito importante foco é a origem da desarmonia, que muitas vezes é ignorada, mas que sem sua devida importância a reincidiva é certa. Para um tratamento realmente curador é imprescindível uma avaliação detalhada da vida e dos hábitos do paciente para que possamos identificar suas causas e assim trata-las, muitas vezes este tratamento pode ser um fortalecimento e alongamento das estruturas musculares, outras vezes um floral pode ser administrado para que causas emocionais sejam sanadas, a acupuntura pode ajudar até mesmo a amenizar a influência da hereditariedade.

Realizando um tratamento completo mediante uma avaliação detalhada é quando ouvimos as histórias de verdadeiros milagres e quando o foco é dado apenas na solução da dor muitas vezes as soluções não ocorrem ou são ineficazes. Procure um profissional que realize a acupuntura energética, ou seja, que tenha uma visão holística sobre sua desarmonia, colocando seu foco principal no indivíduo e não na doença.

Abraço a todos.

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa, Técnicas auxiliares
Comentários (2)

Você sente dor?

Publicado por Flavia Macedo Parente em 27/03/2014 às 11h39

acupuntura para dor

Você sente dor? Qualquer uma? Forte ou fraca? Muitos estudos demonstram que todas as pessoas vão ter contato com dores crônicas em algum momento de suas vidas a grande questão é a importância que damos a ela, dores fortes que incapacitam, que impedem a execução de alguma atividade são logo pesquisadas e tratadas, mas e aquelas dores leves que nos acompanham e acabamos até mesmo acostumando com elas?

Existem dores crônicas, graves, que perduram por muito tempo, precisamos mesmo nos acostumar a elas, readaptar nossas vidas como trajetos percorridos, trocas de cadeiras, apoios, produtos de limpeza, camas e por aí vai... Tais dores geram consequências em nosso organismo que muitas vezes não relacionamos, como por exemplo a redução da memória recente, segundo alguns cientistas um cérebro ocupado com a dor crônica reduz a capacidade de guardar a quantidade de informações recentes que absorvemos e daí vira aquela confusão, não paramos de pensar em coisas nem um pouco importantes e esquecemos muitas outras.

E quando sentimos uma dor recorrente porém leve, que não nos leva à pesquisa? Vamos nos adaptando, automedicação, “empurrando com a barriga”, estas são tão importantes e agressivas quanto as dores incapacitantes, vão aos poucos consumindo nosso humor, nossa qualidade de vida, nossa energia, tentamos encarar de forma positiva, mas ela está lá, sempre a marcar presença, ela não nos impede de realizar uma tarefa mas com certeza aumenta seu peso, o cansaço é maior, a quantidade de energia gasta para seu desempenho com certeza é maior.

A acupuntura energética é uma aliada em qualquer tipo de dor, nas dores crônicas e com difícil solução quando a acupuntura não resolve, melhora muito a sua intensidade, reduz a quantidade de medicamentos, melhora o metabolismo de tais drogas e assim reduz os efeitos colaterais que possam aparecer.

Nas dores menores aí são brilhantes os resultados da Acupuntura Energética, na maioria esmagadora das vezes eliminamos o problema, e aquela dor que você já se adaptou a ela, como a cólica menstrual ou a dor de cabeça quando o stress aumenta, ou ainda a dor de estômago na correria do dia a dia desaparecem e você descobre uma qualidade de vida que já tinha até esquecido.

Faça algo por você! Melhore sua vida! Faça Acupuntura Energética!

 

Abraço a todos

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (0)

Pés e mãos frios?

Publicado por Flavia Macedo Parente em 18/03/2014 às 11h43

acupuntura

 

Pés e mãos frios? A avaliação da mulher requer um cuidado especial, quando colhemos uma informação é necessário ter em mente o trabalho preventivo que fazemos, sim, sintomas que colhemos rotineiramente podem nos dar pistas de tendências para desarmonias ginecológicas.

A Acupuntura Energética atua no sentido de harmonizar a Saúde da Mulher, reorganizando e prevenindo desequilíbrios que podem leva-la a viver épocas ruins. A seguir vou dar alguns exemplos de sintomas corriqueiros e sua relação com os sintomas femininos.

A mulher que apresenta braços e pernas frios, talvez tontura, dor nas costas, tendência a depressão, micção frequente e pálida, pode apresentar estes sintomas ginecológicos ou estar pré-disposta a apresentar, são eles: excesso de menstruação, menstruação atrasada, corrimento vaginal, edema na gravidez, infertilidade.

Em um outro caso desta vez somente mãos e pés frios e também irritabilidade, ausência de humor, distensão abdominal, náusea e constipação podem estar associados à TPM grave, dores durante a menstruação, irregularidade menstrual, mamas distendidas, ausência da menstruação, infertilidade e menopausa precoce.

Não é necessário que a mulher apresente todos estes sintomas e nem sempre a evolução ocorre exatamente dessa maneira porque não podemos esquecer que a mulher sofre a ação do meio onde vive, traumas acontecem, alegrias, tudo que está ao entorno de nossas vidas nos afeta e assim torna-se necessário sempre uma avaliação minuciosa para compreendermos melhor cada mulher.

A Acupuntura Energética com os princípios da Medicina Tradicional Chinesa é capaz de aliviar sintomas que muitas mulheres entendem como normais de tanto que estão acostumadas com eles, acha normal ter cólicas, acha normal não saber quando vai menstruar, acha normal e às vezes até engraçado ficar muito brava antes da menstruação, pode ser comum, pode ser esperado, mas normal não é! Vamos olhar para a mulher da forma como ela é, única e especial, vamos cuidar da mulher de forma que sua vida se torne ainda mais plena e saudável.

 

Abraço a todos

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (0)

Gravidez e Acupuntura

Publicado por Flavia Macedo Parente em 14/03/2014 às 09h45

gravidez e acupunturaA gravidez e a acupuntura, na verdade gravidez e as tradições chinesas, existem muitas histórias, crenças e hábitos chineses que envolvem a gravidez, na China antiga muitos ginecologistas chamavam alguns cuidados com a gestante de “Educação do Feto”, tais cuidados são baseados na crença de que a dieta materna, seu modo de vida e suas emoções afetam o feto. Assim cuidando de sua dieta e seu meio ambiente a gestante pode afetar o feto de maneira positiva. Sabemos que muitas destas orientações são impossíveis de serem seguidas nos tempos atuais e ainda estando no ocidente, mas a partir de um texto de Giovanni Maciocia, selecionei cuidados possíveis para nós deste lado do hemisfério.

Primeiro Mês

No primeiro mês de gravidez a futura mamãe deve preferir alimentos cozidos, nutritivos e de fácil digestão, é permitido ácidos, pelo desejo de algumas mulheres a este tipo de alimento, mas em pequenas quantidades, e a cevada é muito bem aceita neste período, faz o feto crescer. Sentindo-se fraca tome sopa de galinha caipira (galinha caipira é melhor mas qualquer uma já ajuda). Neste momento o feto é nutrido pelo meridiano do fígado, sendo bom evitar grandes emoções, e como a circulação neste momento está prejudicada pela mudança hormonal que ocorre o ideal é que se reduza a intensidade dos exercícios, evitando excessos e se não os faz, não é o momento de iniciar. Evitar choques climáticos o feto sente dor se a mãe recebe excesso de frio e medo se a mãe recebe excesso de calor.

Segundo Mês

Neste mês que é onde normalmente se descobre a gravidez, é interessante evitar alimentos irritantes, quentes e secos, bem como atividade sexual e trabalho excessivos. A nutrição do feto ocorre pelo meridiano de Vesícula Biliar. No segundo mês de gravidez o Qi Original (energia básica do ser humano) entra dentro do ser, assim é importante que a mãe execute coisas muito fáceis e redobre os cuidados com os perversos de frio e calor.

Terceiro Mês

Crença antiga chinesa “A forma do corpo e o sexo do feto ainda estão em mudança durante o 3º mês sob a influência dos estímulos externos (sobre a mãe). Se ela quiser um filho deve jogar dardos; se quiser uma filha deve lidar com a joalheria. Para ter uma criança bonita deve dirigir seus olhos para um lindo jade; para ter uma criança de bom coração deve passar seu tempo sentada calmamente, o quanto possível.” A nutrição ocorre pelo meridiano do Coração. Se tiver abdômen cheio, dor umbilical e sensação de carregar peso para baixo – tomar sopa de galo.

Quarto Mês

Neste período o feto absorve a essência dos rins maternos para formar os Xue Mai (vasos sanguíneos); a alimentação deve dar preferência ao arroz e peixe pois fortalecem o Qi (energia) e o Sangue fetal assim seus ouvidos e olhos ficam brilhantes e os meridianos livres de obstruções. A nutrição ocorre pelo meridiano de Triplo Aquecedor, os órgãos yang (Vesícula Biliar, Intestino Delgado, Triplo Aquecedor, Estômago, Intestino Grosso e Bexiga) são formados, a mãe deve manter-se calma e livre de choques emocionais principalmente durante este período da gravidez.

Quinto Mês

No quinto mês de gravidez, o feto recebe o Qi do Coração (materno) para estabelecer seu temperamento, assim a mãe necessita dormir o quanto for possível, banhe-se e troque suas roupas constantemente, para se sentir sempre leve e limpa, permaneça longe de estranhos, tome sol. Na alimentação deve preferir trigo, carne bovina e cordeiro e deve equilibrar alimentos doces com ácidos e alimentos amargos com salgados, a mãe não deve ficar nem com fome nem comer demais e deve ingerir alimentos secos. A nutrição do feto ocorre pelo meridiano do Baço; período onde os membros do feto são formados. Evitar calor excessivo e também terapias com calor.

Sexto Mês

Mês em que o feto recebe o Qi dos pulmões da mãe e seus tendões serão modelados indica-se exercícios leves, deve olhar cavalos e cachorros correndo assim os músculos e os tendões do fetos ficarão fortes, sua pele exuberante e suas costas firmes. A nutrição ocorre pelo meridiano do Estômago; a mãe deve comer doces mas não em excesso, com o aumento do movimento fetal a mãe pode perceber sensação de inquietude, ficar sentada e entrar em contato com a natureza ajuda a acalmar a mãe e o feto.

Sétimo Mês

Durante o sétimo mês a mãe passa ao feto se Qi essencial do Fígado, torna-se então necessário exercitar-se para encorajar a circulação do Qi e do Sangue movimentando suas articulações. Evitar contato com umidade, principalmente no local de dormir. Evitar alimentos frios e ingerir arroz. A nutrição ocorre pelo meridiano dos Pulmões e isso favorece, neste momento, o crescimento da pelo e dos cabelos. A mãe não deve falar em voz alta ou gritar e não deve usar roupas finas demais.

Oitavo mês

Mês em que o feto recebe o Qi essencial do Baço materno, a mãe deve evitar aborrecimentos emocionais e praticar respiração silenciosa para manter sua energia boa. A nutrição ocorre pelo meridiano do Intestino Grosso. A mãe deve evitar excesso de comida e ficar rancorosa. Cuide de flores.

Nono Mês

No nono mês o feto recebe a essência da Essência da mãe, todos os seus órgãos estão formados, a mãe deve ingerir alimentos doces, vestir roupas soltas e não viver em casas úmidas. A nutrição ocorre pelo meridiano do Rim. A respiração silenciosa pode ser uma terapia.

Décimo Mês

Todos os órgãos Yin (Fígado, Coração, Baço-Pâncreas, Pulmão e Rim) estão formados completamente e os órgãos Yang livres de obstruções. A mãe deve concentrar sua energia no Dan Tian (centro energético do corpo) que fica a 4 dedos abaixo do umbigo para promover o crescimento das articulações fetais e sua faculdade mental. “Quando o melão está maduro ele cai da planta” a mulher inicia o trabalho de parto. A nutrição ocorre pelo meridiano da Bexiga. Descanse o quanto possível.

Categoria: Cultura e Tradições Chinesas, Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (2)

Gravidez, Infertilidade e a Acupuntura Energética

Publicado por Flavia Macedo Parente em 19/02/2014 às 11h32

Gravidez, infertilidade e a acupuntura energética, qual a relação destas três palavras? A gravidez um momento tão esperado e tão abençoado porém muitas vezes tão difícil de ser alcançado gerando a infertilidade e a acupuntura energética técnica tão antiga e tão conhecida por seus benefícios sobre estas duas condições.

Na gravidez, muitas vezes ainda hoje envolvida por crendices ou misticismos gerados pela falta de conhecimento, a acupuntura é muito bem vinda, promovendo uma experiência mais leve e sadia. A mulher que recebe a acupuntura durante toda a gravidez passa por este processo com os sintomas amenizados, enjôos mais leves, muitas vezes ausência total de edemas, sono tranquilo, dores esperadas pelo momento ausentes ou muito leves, e ainda a possibilidade de tratar alguma complicação tais como excesso de ansiedade, dores mais fortes, insônia, retenção urinária e constipação sem o uso de medicamentos. Além disso a acupuntura é extremamente bem vinda no acompanhamento de gestantes com doenças crônicas como lúpus, hipotireoidismo, hérnias de disco, depressão, etc reduz a quantidade de medicamentos e melhora muito a qualidade de vida durante a gravidez.

Na infertilidade hoje em dia já existem centenas de trabalhos científicos comprovando a eficácia tanto enquanto tratamento exclusivo da infertilidade, quanto no acompanhamento de tratamentos de fertilização. A acupuntura favorece a regularidade do ciclo menstrual, resolve os cistos ovarianos, reduz a ansiedade, melhora as condições do sangue favorecendo assim a qualidade do endométrio, muitas vezes no acompanhamento das fertilizações realizamos sessões logo após o procedimento de implantação do óvulo fecundado.

A acupuntura energética é uma técnica que caminha junto com a mulher nestes momentos tão repletos de ansiedades e conflitos, tanto na solução efetiva de impedimentos quanto na parceria durante um período de tantas mudanças. Enquanto profissional é extremamente gratificante acompanhar a conquista e o vislumbre de períodos tão especiais.

Abraço e até a próxima!

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (0)

2014 - Ano do Cavalo de Madeira

Publicado por Flavia Macedo Parente em 21/12/2013 às 14h44

cavalo de madeira2014 – Ano do Cavalo de Madeira, trabalho, trabalho, trabalho, dentro do inconsciente coletivo existe uma forte representação do cavalo: grande aliado, parceiro no trabalho, companheiro de longas distâncias, amigo fiel, forte, intuitivo. Fica fácil assim compreender a energia que envolve este ano, além disso é também madeira, ou melhor Cavalo de Madeira, o elemento madeira representa o direcionamento, a ação, a impulsividade, a reatividade.

Nossa!!! Desta forma temos a nosso favor neste ano de 2014, mais precisamente, a partir de 31 de janeiro, segundo o calendário Chinês, a força unida ao direcionamento, o trabalho aliado a intuição, a disposição para percorrer grandes distâncias, a fidelidade aos ideais, ficando impossível não favorecer a criatividade. Uau, então poderemos finalmente colher os frutos porque força para o trabalho não nos faltará, mudaremos o que for necessário para chegarmos onde queremos. Sucesso, Sucesso, Sucesso!

E será que temos outras energias envolvidas neste ano? Fiz um levantamento rápido e vejam o que encontrei:

Segundo as religiões Afrodescendentes será um ano regido pela energia de São João Batista, então teremos um ano de justiça, de força de pensamento, poder de raciocínio, reforçada a Lei do retorno, direcionamento, poder de palavra. Respeito, honestidade e equilíbrio seriam as palavras de ordem de São João Batista.

A numerologia nos mostra que 2014 é um ano 7, número cabalístico que propicia ao conhecimento, espiritualidade e religiosidade. Na Astrologia será um ano regido por Júpiter, portanto importante nas questões relativas a expansão, crescimento, mente superior, fé, espiritualidade, contato com outras culturas, valores morais e éticos.

Em meu olhar um ano de muito trabalho, direcionado a minha evolução material e espiritual, com fé, intuição e dedicação saberei onde quero chegar e meus passos estarão direcionados a este destino, assim o sucesso será minha colheita!

Feliz Ano do Cavalo de Madeira!

Categoria: Cultura e Tradições Chinesas, Medicina Tradicional Chinesa
Comentários (1)

Calendário de Cursos 1º Semestre 2014 - Profª Flavia Parente

Publicado por Flavia Macedo Parente em 13/12/2013 às 12h01

Cursos Acupuntura e Saúde da Mulher

Calendário 1º Semestre 2014

Curso

Modalidade

Data

Local

Horário

A Mulher atual e a Medicina Chinesa

(GRATUITA)

ON LINE

21/01

AULAVOX

20:00 ás 20:45h

Menopausa – A acupuntura energética facilitando a vida da mulher

ONLINE

28/01

AULAVOX

20:00 às 21:30h

A Acupuntura Constitucional Koreana e os sintomas Femininos

(GRATUITA)

PRESENCIAL

01/02

CEATA

18:00 às 18:45h

Gravidez e Acupuntura – Mitos e Verdades

(GRATUITA)

ON LINE

11/02

AULAVOX

20:00 às 20:45h

Gravidez sem mistérios! Tratamentos através da Acupuntura Energética

ON LINE

18/02 e 25/02

AULAVOX

20:00 às 21:30h

A Mulher atual e a Medicina Chinesa

(GRATUITA)

PRESENCIAL

15/03

CEATA

18:00 às 18:45h

A Saúde da Mulher na visão da MTC

PRESENCIAL

22 e 23 /03

CEATA

Sáb (8:30-17:00) e Dom (8:30-13:00)

 

InfertilidadeResultados práticos através da Acupuntura Energética (GRATUITA)

ON LINE

08/04

AULAVOX

20:00 às 20:45h

Infertilidade – Tratamentos eficazes através da Acupuntura Energética

ON LINE

15/04

AULAVOX

20:00 às 21:30h

A Mulher atual e a Medicina Chinesa

(GRATUITA)

ON LINE

06/05

AULAVOX

20:00 às 20:45h

Resolvendo a TPM e as cólicas com a Acupuntura Energética

PRESENCIAL

13/05

AULAVOX

20:00 às 20:45h

Massagem das Pedras Quentes

PRESENCIAL

24 e 25/05

CEATA

Sáb (8:30-17:00) e Dom (8:30-13:00)

8:30 às 17:00h

Gravidez e Acupuntura – Mitos e Verdades

(GRATUITA)

ON LINE

03/06

AULAVOX

20:00 às 20:45h

Gravidez sem mistérios! Tratamentos através da Acupuntura Energética

ON LINE

10 e 17/06

AULAVOX

20:00 às 21:30h

 

Endereços:

CEATA – Rua Lisboa, 424 – Pinheiros – Fone: 3061.0664

                Saúde da Mulher: http://ceata.com.br/portal2/index.php/acupuntura/193-curso-saude-da-mulher-na-visao-da-medicina-chinesa

                Massagem das Pedras Quentes:

 http://ceata.com.br/portal2/index.php/cursos-de-massagem-2/137-massagem-das-pedras-quentes

CURSOS ON LINE - AULAVOX –  Você encontra os links em cada curso no meu site:

http://www.acupunturaenergetica.com.br/cursos-e-palestras.html

Categoria: Cursos MTC
Comentários (1)

Exercícios e a Mulher

Publicado por Flavia Macedo Parente em 06/12/2013 às 11h36

Exercícios e a mulher - Acupuntura EnergéticaExercícios e a Mulher, combinação mágica, porém nem sempre apreciada pelas mulheres, que libera endorfinas, evita as desarmonias do sedentarismo, ficamos mais bonitas isso tudo a gente já sabe, mas saber não é tudo, não é mesmo?

Vamos colocar o olhar da Acupuntura Energética sobre os exercícios e a mulher e ver o que acontece. A primeira coisa que se observa é o obvio: exercício é movimento, alguns mais intensos, outros menos mas de alguma forma exercício movimenta, e em nosso olhar o movimento mora dentro de madeira, o vento, os músculos e tendões, também. De cara um belo benefício, mantém a Madeira sadia, e o que isso significa?

O elemento Madeira harmonioso nos proporciona maior flexibilidade e não é só de alongamento que estou falando, maior flexibilidade com a vida também, maior facilidade para aceitar aquelas coisinhas que não podemos mudar, Madeira feliz significa que o fluxo do Qi em meu corpo está ocorrendo suavemente, a energia flui por todo o corpo de forma tranquila e não atravancada ou lenta, sente-se o corpo leve, sem esforço para suas funções naturais. Madeira feliz indica tranquilidade, sem explosões, sem irritações bobas, mais compreensão.

E os relacionamentos entre as várias faces da mulher? Vamos lá: a Madeira estando bem seus relacionamentos diretos, por exemplo, Fogo e Terra não sofrem influência negativa, ou seja, podem fazer seu trabalho naturalmente, no Fogo mora o Coração onde habita nossa mente e na Medicina Chinesa mente é igual a capacidade de dormir bem, pensar claramente, ter uma mente tranquila. E a Terra? Na Terra moram o Estômago e o Baço que refletem nossa capacidade de digerir alimentos e emoções, nossa energia, ânimo, a eliminação do excesso de líquidos em nosso corpo.

Exercícios e a mulher, mulher mais feliz, mulher com TPM mais branda e consciente, mulher mais tranquila e flexível diante da vida, mulher com a mente mais tranquila, mulher sem rancores e martirizações inúteis, mulher com menos edema, mulher que dorme bem.

Exercícios e a mulher, obviamente que os exercícios não são a salvação de todos os nossos males, que praticando exercícios todos os seus problemas serão resolvidos. Mas sim! Sim praticando exercícios regularmente pelo menos três vezes por semana, você consegue se entregar menos para a tristeza, você aumenta sua criatividade, você se irrita menos principalmente com o que não pode mudar, emagrece, aumenta a autoestima, isso tudo junto reflete o que? Em uma mulher mais feliz!

Exercícios e a mulher, procure algo que você goste, levante, organize-se e faça! Você vai viver melhor!

Categoria: Medicina Tradicional Chinesa, Técnicas auxiliares
Comentários (0)

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|bsd b01|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|b01 c05 bsd|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||